domingo, 9 de setembro de 2012

E agora que se aproxima o fim das férias...

"Anda por Alcoitão, pelos que tinham tudo para desistir 
mas são melhores do que isso." (anúncio da Santa Casa)

"Nenhuma frase poderia descrever melhor o CMRA. Nenhuma.
Alcoitão é isso mesmo, é esperança, é não desistir nunca, é aceitar de braços abertos a ajuda de alguém, numa altura em que a vida parece ter chegado ao fim. 
É querer chorar por já não se ser aquilo que se era, ou por ter nascido de forma diferente, e ainda assim ter forças para voltar no dia seguinte àqueles corredores intermináveis e continuar a Terapia. 
É saber que nunca se esteve nos 100%, ou que nunca se voltará a eles, mas lutar mundos e fundos para passar dos 50 para os 60%. 
E é chorar quando se consegue. 
É sorrir quando se consegue. 
É chorar, num sorriso, quando se consegue. Todos. As pessoas, os Terapeutas, os amigos feitos na sala de espera, entre consultas.
É muito difícil entrar em Alcoitão, é um murro no estômago, dói e mexe connosco de formas que nunca imaginámos. Mas, para quem vê para lá dos rostos cerrados, dos olhares de quem há muito não dorme, é um lugar belíssimo.
Ali, ninguém se atreve a desistir. Ali, todos voltam a ser alguém. Não há deficientes, apenas Pessoas.

Alcoitão é um dos sítios mais bonitos do mundo. E eu sinto-me tão, tão afortunada por fazer parte dele."
(O texto é da (minha) Inês, do blogue 13minutesofpanic )
Mas poderia ter perfeitamente ser escrito por mim. Não há dia nenhum em que ao entrar não sorria levemente por fazer parte dele. É a minha segunda casa.É um dos meus maiores orgulhos, é o meu Alcoitão.

15 comentários:

  1. Já tive a minha mãe em Alcoitão e de facto é um sítio muito bom!!

    ResponderEliminar
  2. Não há deficientes, todos somos pessoas.
    Pessoas imperfeitas somos todos. :/

    ResponderEliminar
  3. Mas este texto mexeu comigo...admiro essa tua força,coragem e orgulho. :) um bom fim de semana e como disse o jovem runaway somos todos imperfeitos.

    ResponderEliminar
  4. "Faz aquilo que gostas e não trabalharás um único dia da tua vida." ;)

    Excelente texto!

    ResponderEliminar
  5. é mesmo :) ao longo do tempo, o significado de "amar" foi-se perdendo (:
    obrigada :) sigo de volta!

    ResponderEliminar
  6. Um texto lindo...lindo... e que nos toca a todos.
    Beijinhos e parabéns por partilhares connosco este lindo sentimento.

    ResponderEliminar
  7. Já visitei e é um sitio lindo.
    O texto... bem, esse está fantástico.
    :)

    ResponderEliminar
  8. Quando se gosta do que se faz é tudo tão mais fácil.Parabéns pelo teu cantinho....

    ResponderEliminar
  9. Ainda não conheço, mas gostava muito. Já gosto muito daquilo que "vou ser", mas estou desejosa por terminar o curso e sentir ainda mais as palavras desse texto, não só em relação a Alcoitão, mas a outros centros :)) Parabéns por gostares tanto do que fazes!

    ResponderEliminar
  10. É um sitio que sempre admirei muito :):)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Além de estar abismada por teres partilhado um texto meu, estou completamente sem palavras por haver aqui tanta gente a dizer que adorou o texto e que mexeu consigo. O texto continua a ser muito, muito sincero. E adoro saber que gostaram :)

    Vou ter imensa pena de estar um semestre longe de Alcoitão e de vocês, acredita. Mas não tarda estou de volta <3

    ResponderEliminar
  12. Admiro imenso esse sitio e as pessoas que lá trabalham; a irmã de um amigo meu trabalhava aí há muitos anos; ela morreu e Alcoitão chorou-a. Verdade!
    A São!

    ResponderEliminar