domingo, 11 de março de 2012

Eu tenho uma lista de pessoas que fazem parte de tudo. Não está escrita ou imposta e nem sequer foi pensada, mas existe em tudo o que faço ou digo. Essas pessoas são a minha prioridade, e eu raramente revejo as minhas prioridades. São os pontos assentes na minha vida.
Mas às vezes as coisas mudam. Começam por ser pequenas mudanças, e de repente são tão grandes que não as conseguimos impedir. De repente já não quero o que quis e já não sinto o que senti, e não faz mal, porque quero e sinto novas coisas.
Agora quero estar exactamente onde estou, com as pessoas que estou. E a minha lista de pessoas reduziu-se, e também não faz mal. Agora sei que são exactamente essas as pessoas que estão comigo, que passam as tardes comigo, que me fazem rir à noite, que dormem abraçadas a mim, que me fazem surpresas constantes, que jogam ao uno comigo, que estudam comigo, que me deixam comer ao colo delas, que me oferecem os pares que faltavam à minha colecção de tenis,que me empurram quando estou a andar de baloiço, que me pegam ao colo, que vão comigo ao cinema ou que fazem cinema no carro comigo, que conversam comigo sobre as mesmas coisas de sempre, que fazem sessões fotográficas em minha casa, que me deixam ‘abancar’ na casa delas, que me ensinam como ser uma grande nerd, que querem ir comigo ao fim do mundo, que cantam comigo, que me fazem apenas e, da forma mais simples possível, ser feliz. E sei que quero estar com essas pessoas, com as minhas prioridades, até ao final da minha existência. E também já não interessa o tempo que essa existência vai durar. Será efemeramente inesquecível.

5 comentários:

  1. Gosto muito deste post! Agora resta "amarrares" essas pessoas especiais a ti, e fazeres com que elas te "amarrem" também! É óptimo quando temos pessoas assim ao nosso lado e ainda melhor quando conseguimos "mantê-las" sempre connosco! (:

    ResponderEliminar
  2. Ao longo da nossa vida vão entrando e saindo pessoas. Umas deixam a sua passagem mais marcada do que outras. Outrs vão-se deixando ficar e estão sempre presentes. É uma das coisas boas da vida, não vale a pena planear muito, as mudanças sucedem-se e isso é muito Bom.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer querida. Com o passar do tempo apercebemo-nos cada vez mais que as mudanças são grande parte da nossa fonte de aprendizagem e crescimento. Beijinhos

      Eliminar
  3. Bom, antes de mais quero referir que nunca tinha visitado este espaço,mas que espro fazê-lo mais vezes. Em relação ao post, admiro essa tua segurança a falar das pessoas da tua vida, e aprecio a forma como referes que raramente invertes as tuas prioridades. Se isso se mantiver assim, é sinal que essas pessoas não te desiludiram, e isso é óptimo. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh obrigada, sinto-me lisonjeada :) Há pessoas de quem eu de facto tenho segurança que vão estar na minha vida. É mesmo . Beijinhos

      Eliminar